Google

Produtos de Combate

por

Qual a importância dos produtos de combate em uma farmácia? O que são produtos de combate?

Você já parou para pensar da importância da verticalização de compra de Genéricos e Similares na Farmácia? Mas o que é “verticalização”?

Veja bem… se você pegar a verba que tem para gastar com o setor de compras e pulverizá-la entre 30 ou 40 marcas diferentes de genéricos e similares, você concorda que o seu poder de barganha irá diminuir? Dessa forma você perderá a oportunidade de obter melhores condições comerciais na hora da compra.

Agora, se você concentrar a sua compra de genéricos e similares em no máximo 3 laboratórios, você conseguirá garantir descontos contínuos, garantir um melhor poder de barganha e consequentemente melhorar a rentabilidade de sua farmácia. Isso é exatamente o que as grandes redes de farmácias já praticam.

Claro que existem excessões à regra: embora você tenha escolhido os seus 3 principais parceiros, nós sabemos que muitas vezes você se depara com uma concorrência que está praticando descontos muito agressivos em alguns produtos que são os exatos produtos que você não está conseguindo comprar com um desconto tão favorável naqueles laboratórios que você elencou como os seus 3 principais parceiros.

É nesse momento que você terá que recorrer ao mecanismo da “Cotação”, para que você consiga encontrar esses produtos com o melhor desconto possível em relação ao preço fábrica (preço de custo oficial). Esses são os chamados “Produtos de Combate”!

Veja só o que é importante fazer: mantenha em sua farmácia uma seção de produtos de combate como o Omeprazol, Nimesulida, Sidenafila, Losartan entre tantos outros que vamos disponibilizar em uma lista para você logo mais abaixo. E para construir uma seção dessas (que pode ser um conjunto de prateleiras), é fundamental ter um perfeito sistema ou aplicativo de cotação, para que você busque em todos os laboratórios possíveis o melhor desconto em relação ao preço fábrica.

Quando você constrói em sua farmácia uma seção de produtos de combate, além de ganhar no preço da concorrência, estará passando uma percepção de preços bastante interessante para o seu consumidor.

Se você quer saber quais são os principais produtos de combate em uma drogaria, então aproveite e baixe a lista que preparamos. Basta clicar no botão abaixo. Essa lista é parte de um levantamento nacional que o Instituto Bulla fez com 200 farmácias para entregar esse presente e te ajudar nos caminhos certos da boa gestão farmacêutica.

Então clique no botão abaixo e siga as informações na tela para baixar a Lista de Produtos de Combate para Farmácias e Drogarias.

Se você gostou do conteúdo desse vídeo, deixe logo abaixo o seu comentário.

Eu leio todos e quero interagir com você.

Aproveite e compartilhe nas redes sociais para ajudarmos mais pessoas.

Cadri Awad é Diretor de Cursos do Instituto Bulla, Farmacêutico com Habilitação em Farmácia Industrial, MBA em Gestão Avançada de Varejo Farmacêutico e cursando MBA Executivo em Liderança e Gestão Empresarial. Viajando por todo o Brasil, Cadri já qualificou mais de 5000 empresários de Pequenas e Médias Drogarias para a aplicação da metodologia avançada de Gestão Farma.

89 Comments to Produtos de Combate

Gostou? Deixe seu comentário aqui.

    • Obrigado Ginivaldo!
      Vamos publicar frequentemente posts como estes visando interagir com o varejo farma e entregar conteúdos que fazem parte da rotina de todos os empresários do segmento. Um grande abraço!

  1. Muito boa esta iniciativa de videos. Tenho dificuldade em escolher fornecedores parceiros, pois preferem trabalhar com descontos por quantidade e promoções,não obtive preços tão atrativos na fidelização de alguns fornecedores, como seria melhor fazer esta escolha destes parcerias.

    • Andre Tartaglia

      Eu já tive isso também, coisa do tipo, quando tinha “volume de compra” os vendedores não me davam sossego, depois que diminui esse volume (tinha uma distribuidora, fechei e fiquei com uma farmácia de bairro, em cidade de 45 mil habitantes) os vendedores ou sumiram ou deram desculpas esfarrapadas pra não me visitar mais.

      O que eu fiz, juntei as distribuidoras que possuía, fiz uma avaliação dos laboratórios disponíveis em cada uma, avaliando os descontos praticados em cada laboratório por cada distribuidora, fiz uma relação do quanto eu gastei com similares e genéricos nos últimos 3 meses e chamei o vendedor destas empresas e fiz uma proposta de parceria, no caso vamos considerar que eu compre R$ 10.000 por mês de similares e genéricos, tá pode até ser baixo, mas acredite, muitos vendedores precisam de muitos cliente para vender algo em torno de 60.000/mês (isso em regiões pequenas quanto a minha) e uma proposta de 6.000/mês com um único cliente pode ser algo que o fará pensar seriamente em ter você como um parceiro importante, ele brigará por você com o supervisor/gerente e conseguirá algo bom pra você, e muitas vezes essa distribuidora faz logística com muitas empresas. O 4.000 restantes você aproveitaria promoções e/ou firma uma segunda parceria com uma segunda distribuidora, ou divide e aproveita alguma promoção.

      Cada comércio tem uma maneira de atuar, eu fiz a minha com pedidos diários ao fornecedor parceiro e tenho me saído muito bem.

  2. Puxa…..fico feliz em saber que estou no caminho certo….obrigado Cadri, por toda sua dedicação à nós farmacistas. Tive o privilégio de assistir seu curso na Panarello em SP…..grande abraço

  3. gostei muito! todas essas informaçoes eu coloco em pratica e sempre esta dando resultado! obrigado depois que assisti uma palestra do instituto bulla em tres lagoas ms, minha farmacia melhorou muito.
    obrigado

  4. Boa tarde Cadri, faço parte de uma sociedade de um drogaria aqui na cidade de Varginha sul de minas, e uma farmácia de Bairro, porém a briga nos bairros também já é feia, e tenho uma venda média de 120,000,00 mês, porém está feia a coisa, estou tentando baixar no último as despesas para poder sobrar alguma gordura no mês, porém está difícil.
    Já pratico alguns preços competitivos neste itens da lista que você nos forneceu, porém não sei se estou fazendo a precificação correta, teria como você me dar esta dica de precificação para que eu possa aplicar neste itens?

    • Eric,
      A sua lista de combate deve ser construída com base nos preços praticados pelos seus principais concorrentes diretos. Ao detectar estes produtos, cotar e adquiri-los Você deve elaborar uma planilha de promoção incluindo estes produtos junto a todos os produtos que Você girou nos últimos 90 dias, ou seja, é preciso elaborar uma lista de promoção com os produtos que fazem parte do perfil de venda da sua farmácia. Se Você já assistiu aos meus cursos vai se lembrar da planilha de promoção que utilizamos para constituir a média geral de descontos a ser praticada pela farmácia. Lembre-se que o que interessa de fato para Você é a média total de descontos que sua farmácia pratica. Você vai distribuindo os descontos em cada produto de forma a obter a média de descontos que sua farmácia pode praticar e obter o lucro desejado. É preciso apenas lembrar que no caso dos produtos de combate os descontos inseridos são baseados nos preços praticados na concorrência, então, forme uma lista baseada na concorrência. Espero ter ajudado e havendo mais dúvidas estou a disposição para esclarece-las.

  5. Eduardo Bitello

    O instituto Bulla , tem sido referencia para administrar minhas farmácias. Utilizo as planilhas de DLP e DFC todos os mêses e tem sido muito útil. Agradeço a equipe que se preocupa com os pequenos. Este foi mais um vídeo de muita valia para mim. Obrigado

    • Eduardo,
      Que bom saber que as ferramentas e conteúdo que disponibilizamos tem contribuído para o sucesso de suas farmácias. São testemunhos como este que renovam nossas energias a cada dia e nos confere força para continuar nesta caminhadas. Abraços!

  6. Sérgio Carneiro - Diretor da Goiás Saúde

    Parabéns Cadri pela objetividade e clareza nas dicas sobre um assunto que, apesar de fazer parte do dia-a-dia , ainda não e tão bem compreendido por vários proprietários do segmento varejo farmacêutico.

    A Goiás Saúde vai lançar seu Portal de Vendas em outubro e, aproveitando as suas dicas vamos incluir uma promoção especial na lista de combate que você disponibilizou para dowlnload.

    • Sérgio, obrigado! Você é um dos grandes empreendedores que admiro e respeito, portanto, fico feliz que tenha gostado. Estamos trabalhando para produzir mais dicas e conteúdos que agreguem valor ao dia a dia dos empresários de farmácia e tenho certeza que a Goiás Saúde através do seu grande trabalho está sempre junto ao varejo farma nesta parceria. Valeu!!

  7. Realmente faz muita diferença ter bons preços nos produtos de combate.Vejo cliente que volta a comprar na drogaria porque o meu preço é R$ 0,50 mais baixo que o do concorrente.

    • Kelma,
      Você tem toda razão. O cliente de farmácia é muito sensível ao fator preço. As pesquisas realizadas com este consumidor mostraram isto e por esta razão não podemos descuidar deste fator. Um grande abraço e continue conosco neste canal.

  8. Excelente vídeo, meu amigo. Iniciativas como essa só vem a nos fortalecer enquanto pequenos empresários farmacêuticos. Forte abraço. Sucesso!

    • Obrigado grande amigo Djalma. Nosso objetivo é exatamente este. Democratizar o conhecimento e proporcionar a todos que aqui participam estes conteúdos que fazem parte do dia a dia de todos e mostrar que a gestão de alta performance pode ser uma realidade independente do porte da farmácia. Um grande abraço!

    • Beto, o objetivo aqui é ganhar em preço da concorrência naqueles produtos em que Você está perdendo muitas vendas, portanto, trata-se de praticar descontos mais atrativos nestes produtos, ou seja, ser mais “agressivo”. Logicamente, isto tem que ser perceptível ao consumidor. Um grande abraço!

  9. edivaldo c melo

    Parabens! pelo excelente trabalho, estamos agradecidos pela orientação. Aguardamos novas dicas…

    sds,

    Farmacias Cavalcante
    Belo jardim, pe.
    edivaldo c melo

    • Obrigado Edivaldo, é uma grande satisfação constatar que os conteúdos que estamos produzindo proporciona informações relevantes a tantas farmácias e profissionais do varejo farma. Continue conosco que teremos muitas novidades para as próximas semanas! Um grande abraço!

  10. Edson Luiz Novi

    Gostei muito dos artigos, tudo isto que foi falado se encaixa com a nossa realidade e precisamos estar sempre atualizados para este mercado que muda a todo instante.
    E aproveitando, gostaria de saber quando teremos oportunidade de participar do curso presencial aqui na região norte do Paraná (Londrina).
    Abraço.

    Edson

    • Edson,

      Que bom que gostou dos posts aqui do ambiente farma. Edson, faremos na penúltima semana de novembro um curso de três dias em Cascavel através do Projeto Seu Negócio Mais Lucrativo do Laboratório Teuto-Pfizer, no entanto, não temos nada previsto para o mês de novembro na sua região para este ano. Estamos negociando com algumas redes associativistas a realização de nosso curso master In Company nesta região, mas não sabemos se será neste ano em função da agenda. Abraços! Cadri

    • José Alaor,
      Fizemos vários testes e a lista está baixando normalmente. Você clicou no link que está disponibilizado lá página no canto superior dela? Tente novamente e se persistir a dificuldade nos avise que teremos o maior prazer em ajudar.

  11. Olá! Professor Cadri, tenho uma dúvida em relação aos impostos. Estou pensando em assumir uma drogaria e terei que administra-la, já decidi que não irei sonegar impostos e andei estudando sobre o assunto, inclusive com o material do instituto Bulla! Tenho duvidas à respeito da tributação pois nos slides que estudei está escrito que o governo permite dedução de 20% do valor oficial de venda nos impostos estaduais. Agora é o seguinte… Onde eu trabalho, vendemos o clopidogrel 75 mg à 30 reais, o preço de venda dele é 136, diminuindo 20%… Terei que pagar imposto como se eu vendesse por 109? Esse é apenas um exemplo que nós conhecemos, outros exemplos são os produtos de combate.

    • Julio, Você está absolutamente correto em já abrir o seu negócio e nem sequer cogitar em sonegação, pois, realmente não compensa. Julio, em relação aos redutores, cada Estado da Federação pode ou não aplica-los e as que aplicam cada unidade federativa determina percentuais de redutores diferentes. Porém, de forma geral o ICMS que foi pago por Substituição Tributária (S.T.) incide de fato sobre o P.M.C ou P.F (M.V.A ou I.V.A) dependendo do Estado, podendo ou não ter redutor. Neste caso, o valor do imposto a ser recolhido não será baseado no valor que Você vendeu para o seu cliente. Para o governo neste caso não interessa o valor pela qual Você vendeu o seu produto, pois, o valor a ser recolhido já é predefinido pelas normativas tributárias de cada estado. E Você ainda tem que observar os percentuais de crédito a serem aproveitados nas notas fiscais de compra, se incidirão ou não e quando. O Sistema tributário brasileiro é confuso e complexo, mas continue conosco e se aprofunde um pouco mais que Você ficará expert no assunto. Um Grande Abraço amigo e Sucesso no novo Empreendimento. Estamos Com Você para colaborar com a sua prosperidade!

  12. Bom dia Cadri,

    Excelente vídeo, pude notar que detém de uma vasta experiência no varejo farmacêutico, sempre que posso assisto e re-assisto várias vezes teus vídeos.
    Sou um jovem empresário (23 anos) e iniciei minha farmácia em um bairro novo em minha cidade, estou seguindo algumas de tuas dicas e já consegui aumentar minhas vendas.
    No centro da cidade temos a concorrência de três redes (Ultra Popular, Farmais e Farma e Farma) e mesmo assim estou bem otimista com este ano de 2015, mesmo com todas as pessoas falando que será um ano de dificuldades, porém dificuldades enfrentamos todos os dias e sempre com um grande apoio que é DEUS.

    Tenho certeza que em breve nos conheceremos pessoalmente e até o ano que vem assitirei uma palestra tua pessoalmente.

    Obrigado,
    André Auler
    Farmacia Alta Farma

    • Olá André,
      É muito bom saber que nossos posts agradam e tem contribuído com os resultados de empresários como Você. Melhor ainda é ver o seu testemunho de otimismo e Fé. Tenho convicção também que iremos no encontrar. Este ano estamos com muitos eventos em diversos estados e espero encontra-lo em alguns deles. Sucesso amigo!

    • Valeu Silvana, pode ter certeza que no que depender de nós e a Benção de Deus continuaremos e intensificaremos a produção destes conteúdos visando ajudar cada vez mais pessoas. Um grande abraço!

  13. Sou farmacêutico e proprietário de 3 lojas
    Muito boa iniciativo do grupo!
    seu videos já mim ajudou a tirar varias duvidas!
    Estou precisando fazer o curso completa!
    Parabéns e muito sucesso!!!

    • Alex, obrigado por sua participação e que bom que temos ajudado com estes conteúdo. Tenho convicção que o nosso curso completo o deixará muito satisfeito e proporcionará resultados ainda e muito melhores para o seu negócio. Conte conosco para crescer ainda mais!

    • Wallace, que bom que o conteúdo disponibilizado tem atendido a sua expectativa. Desde o início deste grande projeto o objetivo era este e vê-lo atingido é motivo de satisfação para nós. Um grande abraço!

  14. JOSEPH CHARLES SOELDNER JUNIOR

    Cadri, muito bom, já trabalhei em uma rede de farmácias que teve muita dificuldades de combater a concorrência nesse quesito que você destacou acima, os itens de combate tem ter agressividade, isso não significa que vai ter prejuízo, até porque o atendente não vai oferecer de imediato esses itens de combate, mas o mais rentável, mas se o cliente acha muito caro e dizer que achou mais barato na concorrência, então oferece o item de combate. Na verdade temos que ser comerciante.

    At. Joseph

    • Joseph, na verdade sempre digo que temos que ser mais do que comerciantes e sim gestores, pois, o gestor é aquele com capacidade para projetar e distribuir os descontos oferecidos nos produtos de forma a obter a média ideal suportável nos demonstrativos de resultados. Se observado tais quesitos conseguimos ter resultados positivos e crescer mesmo diante de tanta concorrência. Valeu Joseph pelo seu depoimento. Agradeço imensamente estar aqui participando conosco e contribuindo com enriquecimento deste trabalho.

  15. Boa noite!
    Muito bom os vídeos..
    Sou farmacêutico, recém formado e pretendo abrir meu próprio negócio em breve.
    Não tenho nenhuma experiência em drogaria e esse tipo de ajuda é muito importante para pessoas que, assim como eu, querem investir em um negócio minimizando os riscos.
    Você mostra o que nenhuma faculdade encina, a prática com resultados, De fato!
    Sempre acompanho suas postagens, são ótimas, por favor! Não pare.
    Aproveito pra dizer que sou seu fã, tenho você como um mentor.
    Espero, tão logo, poder participar de um dos cursos oferecido pelo sua instituição, pois tenho plena certeza que será um aprendizado ímpar e um divisor de águas na minhacarreria.
    Forte abraço Cadri.
    Você é 10!

    naaminha careira.
    Forte abraço Cadri.

    • Olá Júnior, Obrigado pelo seu Feedback. É sempre prazeroso para nós saber que este conteúdo que postamos aqui contribui para levar esperança, perspectivas e resultados para todos que nos acompanha. Fico imensamente feliz e isto só nos motiva a intensificar ainda mais a produção de conteúdo. Aguarde que nas próximas semanas teremos muitas novidades. Espero em breve recebe-lo em nosso curso presencial e tenho certeza que Você vai adorar e levar o que há de mais avançado em estão de alta performance. Abraços!!!! Cadri Awad

  16. Cristiano P. de Morais

    Parabéns pela iniciativa, foi muito proveitoso para mim.
    Compartilho, como algumas pessoas, a dificuldade em baixar o material, mas de qualquer forma parabéns.

  17. Boa Tarde Cadri, obrigado pela iniciativa e pela humildade em dividir um pouco de seus conhecimentos conosco.

    Gostaria de saber tua opinião sobre o Programa Aqui Tem Farmácia Popular.

    A MC fica sempre em torno de 70% dos medicamentos atendidos pelo programa, porém quando olho o relatório total de vendas a média do desconto mês a mês está alto em torno de 15-20%… contando que receberemos do governo somente após 60 dias, a minha dúvida é… no DLP e DFC simulamos junto ou é melhor fazermos uma simulação separada do restante da farmácia ?

    Obrigado,
    André

    • André,
      O correto é Você computar os produtos do Programa Aqui Tem Farmácia Popular normalmente no DLP e DFC, pois, é preciso analisar a farmácia como um todo. Sabemos que a sua média de descontos no DLP fica mais alta, mas é preciso lembrar também que de igual forma, Você adquire os medicamentos do programa com descontos maiores sobre o Preço Fábrica e isto reduz o CMV. Portanto, fazendo desta forma, Você obtém uma média de descontos um pouco maior, porém, o CMV diminuirá.

      Você até pode fazer dois DLPs de vez em quando para monitorar os resultados com e sem os descontos praticados no Programa Aqui Tem Farmácia Popular, mas o objetivo aqui é simplesmente comparar periodicamente seu desconto médio com e sem os mesmos. Isto acontecerá também com os medicamentos vendidos através de PBMs ou toda situação em que o preço praticado for muito abaixo do P.M.C. fixado para o produto.
      Espero ter sido claro na explicação e se precisar de esclarecimentos mais detalhados, estou a disposição.

      Agradeço ao seu depoimento e é com grande alegria que recebo sua manifestação que nos motiva sempre a levar o melhor a todos que acompanham nosso trabalho. Um grande abraço e sucesso!

  18. Roberta Peruggia Souza Dalmagro

    Excelente os vídeos. Tem me ajudado muito. Esse é um momento em que estou tentando aprender mais sobre essa popularização dos medicamentos e estou implantando na minha Drogaria. Gostaria de fazer meu faturamento aumentar e conseguir a fama de barateira, e tenho certeza que com a ajuda dos vídeos irei conseguir.
    Abraço

    • Roberta,
      Tenho convicção que Você conseguirá atingir os resultados que deseja aplicando as técnicas que o mercado exige. É com grande alegria que recebo seu feedback e saber que este conteúdo motiva as pessoas a acreditar que podem alcançar os resultados que esperam é muito bom. Conte conosco sempre e faça o nosso curso para se aprimorar nas técnicas de gestão, pois, o conhecimento é fundamental para se prosperar neste mercado.

  19. Vai me ajudar muito, onde estou por inaugurar uma farmácia e estou receoso quanto ao mix inicial de medicamentos e perfumaria de um modo geral. Esta lista já vai me ajudar muito. Já trabalhei muitos anos em farmácia e tenho muita experiência também na área hospitalar voltada para oncologia. Ve for possível e puderem me auxiliar quanto a abertura de farmácia, ficarei grato e pode contar que certamente já somos amigos. Abraços e felicidades a este grupo talentoso!!!

    • Wendell, se desejar pode entrar em contato com nosso time de especialistas em consultorias. Atualmente o Instituto Bulla dispõe de um serviço de consultoria para montagem ou aquisição de farmácia/drogaria. Este serviço inclui o plano de negócios, projeto de viabilidade, montagem do estoque inicial e implantação da metodologia de gestão. O telefone do Instituto Bulla é: 62 3932-4140

    • Rosendo, é com grande satisfação que recebemos sua manifestação. Para o Instituto Bulla é muito importante saber que este conteúdo resulta em algo de valor para as pessoas. Sucesso amigo e conte conosco!

    • Obrigado Gerald, Fico feliz que tenha gostado e é com grande satisfação que recebemos estas manifestações positivas sobre este conteúdo que foi feito para levar informação de qualidade ao Varejo Farma.

    • O Instituto Bulla possui um treinamento completo em gestão de drogarias chamado Bulla Fórmula GF Online. Trata-se de um treinamento EaD gravado em vídeos e som de alta definição com serviço de tutoria online e amparado por um conjunto de completo de materiais didáticos e planilhas automáticas para aplicação de todo o conteúdo da metodologia.

      O link para acesso é: cursos.institutobulla.com.br

  20. Boa noite cadri. Fui aluno seu da segunda turma de especialização em farmacologia clínica em campina grande PB. É bom rever seus conselhos e dicas para o comércio. Aprendi muito com sua aula de gestao no módulo da pós. Parabéns parceiro. Tudo de bom para você. Forte abraço.

    • Olá Klebson, recebo com alegria e satisfação depoimentos como o seu. Obrigado por seu retorno e por nos dar a oportunidade de acreditar sempre que estamos no caminho que trilhamos com objetivo de disseminar conhecimento para as pessoas. Um grande abraço!

  21. simone silverio godoy

    Boa tarde, sou farmacêutica em uma cidade com somente 3 mil habitantes, somos em 3 farmácias, contando uma do PSF, ao meu ver, e minha maior concorrente, pois la entrega muitos medicamentos para população. Sempre tenho muitas duvidas, porque trabalho a 8 anos com minha empresa e não vejo muita lucratividade. O suas dicas são excelentes , e estou tendo outra visão de como trabalhar com a farmácia , e uma linguagem clara educativa sincera.
    Simone Godoy.

    • Simone que bom que esteja aproveitando e usufruindo dos conteúdos disponibilizados. Queremos democratizar a informação e oportunizar a todos os colegas oportunidade de profissionalizar a gestão de suas farmácias. Sucesso e Prosperidade!

  22. Karina Marchi

    Bom dia!
    Conheci hoje O Ambiente! Já assisti uns vídeos!
    E esse eu tenho que comentar!
    Eu tenho drogaria a 14 anos e só compro a vista!
    E a maior parte da minha venda é fiado!
    Mas é m método que uso desde que comecei e tem dado muito certo!!
    Assim vou continuar comprando a vista! mesmo não sendo o melhor caminho!
    Estou gostando e vou continuar acompanhando vc!
    Obrigada!

    • Karina,
      Este é um assunto que sempre gera grandes discussões, principalmente porque muitos gestores não compreendem que o resultado do fluxo de caixa de uma empresa compreende a abertura e o fechamento de um ciclo que se inicia a cada 30 dias. Este ciclo deve ser virtuoso e auto sustentável na maioria dos meses do ano, do contrário, a empresa sofrerá com problemas de liquidez. De forma alguma estamos dizendo que é mais vantajoso comprar a vista ou comprar a prazo, mas trabalhar sempre para preservar a liquidez da empresa dentro do ciclo analisado. Muitas vezes as empresas não compreendem a lógica desta análise porque enxergam seu resultado com o capital injetado no caixa da empresa em períodos anteriores e por esta razão, estão sempre vendo resultados que não condizem com a realidade do período analisado de fato. Obrigado Karina por seu feedback e participação. Continue participando e nos ajudando a enriquecer cada vez mais o conteúdo aqui postado.

  23. Gostei mt do video …porem tenho um pouco de dificuldade em centralizar
    Os pedidos em alguns laboratórios pois os vendedores sao de dificil acesso e gostaria de saber mais sobre os cursos q vc ministra.

    • Lucas,
      O Instituto Bulla possui um treinamento 100% online com acesso durante 1 ano e serviço de tutoria com os professores durante todo este período. Através do curso você tem acesso a todo material e ferramentas para aplicação do conteúdo por nós ensinado.
      Caso prefira o curso presencial, faremos de 25 a 29 de abril um treinamento de uma semana em Goiânia com 40 horas de carga horária e a grande vantagem deste treinamento é que adquirindo o mesmo, você ganha o curso online. Para saber mais a respeito de nossos cursos acesse: http://www.institutobulla.com.br

  24. Boa tarde… Não entendi uma questão. Verifiquei que um dos produtos de Combat é a tintura koleston e neste caso é somente as cores que estão selecionadas? ou são todas as cores.

  25. Olá .
    Nossa esse vai me ajudar muito.
    Mas gostaria de fazer uma pergunta.
    Sou dono de uma drogaria, mas gostariade fechar um convênio com o prefeito do meu munícipio.
    Quais são as dicas que você pode me dar para fecha esse convênio da melhor forma possível.

    • Rodrigo,
      Elabore uma proposta clara e objetiva e em formato profissional.
      A proposta deve contemplar todas as regras e expor com clareza que benefícios o convênio oferecerá.
      É importante ter em mente que em si tratando de farmácia, você pode oferecer algo além do desconto e pode até mesmo contemplar a oferta de serviços e relação custo x benefício. Treine seus colaboradores para atender e ofertar os benefícios comprometidos no contrato de convênio. Você pode ainda fazer parcerias estratégicas com outras empresas e ofertar um cartão que abrange benefícios em empresas parceiras. Enfim, Rodrigo você pode usar de muita criatividade para sair do “lugar comum”, mas lembre que tudo precisa ser feito com planejamento e profissionalismo. Uma vez fechado o convênio é preciso que você tenha a proatividade necessária e ágil para divulgar na prefeitura e também na sua farmácia. Espero que as dicas tenham sido úteis.

  26. Olá, boa tarde!

    Parabéns pelo conteúdo, achei muito bom! Porém, tentei baixar a lista e não consegui, poderia mandar para o meu e-mail?

    desde já, obrigado!

    • Olá Rafael. Fizemos todo o procedimento e estamos conseguindo fazer o download da lista. Lembrando que é preciso clicar no botão que está no texto e se cadastrar (seguindo o que pede a tela) para ser redirecionado para baixar a lista. Sucesso!

  27. PATRICK PINHEIRO BARRA

    Olá a hei muito interessante o artigo, porém tentei baixar o arquivo mais está dando erro. Houve a retirada do mesmo.

    Grato