Google

Adequar as despesas ao faturamento?

por

Adequar o faturamento às despesas ou adequar as despesas ao faturamento? Olá, hoje vamos falar sobre um dos temas que talvez mais atormenta a vida dos gestores de farmácia. AS DESPESAS.

Você já reparou que no dia a dia alguns gestores de farmácia estão muito mais preocupados em ajustar as vendas da farmácia as despesas dela, do que tentar ajustar as despesas a atual realidade de vendas?

É!!!! É isso mesmo que você ouviu, vamos entender isto melhor?

Muitas vezes, no momento que é preciso coragem, atitude e razão para implementar medidas de redução das despesas aos patamares aceitáveis e condizentes com a realidade do negócio, gestores adiam tomadas de decisão e preferem se iludir com a esperança de vendas maiores nos meses seguintes numa tentativa de adequar o tamanho das vendas ao tamanho das despesas da empresa.

Sabemos o quanto esse conflito persegue há muitos e o maior problema é que se as metas traçadas de vendas não se realizam no espaço de tempo planejado, a empresa termina o ano com um prejuízo acumulado enorme e desproporcional.

O pai da Administração Moderna Peter Drucker sempre enfatizou que um negócio tem que dar lucro com a venda que ele tem hoje e esta é a postura defendida pelos grandes especialistas da administração.

E o grande problema de muitos gestores está exatamente aí. Sabem o quanto cortar despesas é doloroso e preferem se iludir alimentando expectativas de vendas maiores e que em muitos casos dependem de investimentos, pois, aumentar vendas depende de aumentar o estoque (caso o estoque não esteja no nível ideal), contratar pessoas mais qualificadas, investir em treinamento e mais, entender melhor o seu mercado, pois, talvez exista até mesmo limitações que impedem o crescimento das vendas para aquele mercado consumidor.

Com isto, estou afirmando que não devemos ser ousados e assumir uma postura de ataque visando o crescimento das vendas?

Pessoal, absolutamente NÃO. Não é isso que estou a dizer, no entanto, é preciso refletir que assim como no futebol um time que só prioriza o ataque também leva muitos gols, no nosso mercado, quem não controla despesas e mantem uma gestão austera e rigorosa de custos pode vir a transformar suas tomadas de decisões em verdadeiras apostas.

O mercado não é um cassino.

O que muitos chamam se conservadorismo é mostra de sensatez, equilíbrio e busca pelo crescimento “orgânico”. Não se pode confundir ousadia com irresponsabilidade e aposta.

Portanto, adapte suas despesas a realidade de vendas que você tem, planeje os investimentos fazendo um plano de negócios com estudo de viabilidade econômica, monte uma projeção de fluxo de caixa para não ser mais um dos tantos gestores que preferem se iludir com investimentos da qual não tem garantia para os resultados que se espera.

Agora, faço uma pergunta objetiva a Você:

Você sabe quanto as despesas operacionais variáveis e fixas somadas representam da venda bruta da sua farmácia?

Você sabe qual a média aceitável para nosso mercado?

Em nosso próximo vídeo falarei sobre os parâmetros de despesas aceitáveis para nosso mercado. Aproveite e deixe o seu comentário logo abaixo e vamos conversar mais sobre esse tema.

Cadri Awad é Diretor de Cursos do Instituto Bulla, Farmacêutico com Habilitação em Farmácia Industrial, MBA em Gestão Avançada de Varejo Farmacêutico e cursando MBA Executivo em Liderança e Gestão Empresarial. Viajando por todo o Brasil, Cadri já qualificou mais de 5000 empresários de Pequenas e Médias Drogarias para a aplicação da metodologia avançada de Gestão Farma.

10 Comments to Adequar as despesas ao faturamento?

Gostou? Deixe seu comentário aqui.

  1. Bom Dia Cadri,

    Gostaria de saber se está correto uma distribuidora, onde compramos dentro do próprio estado, cobrar de nós o ST… pode nos explicar um pouco sobre este imposto e como calcularmos eles nos lucros (devemos colocá-los na planilha de despesas variáveis) ?

    Obrigado.

    André Auler

    • André, se você está em estado cujo regime de recolhimento do ICMS é a Substituição Tributária, então está correto sim a distribuidora cobrar ST nas notas fiscais de compra, ainda que a compra tenha ocorrido dentro do próprio estado. Em nosso método de análise dos resultados categorizamos este imposto como despesas variáveis, no entanto, muitos preferem embutir o mesmo no cálculo do CMV (Custo da Mercadoria Vendida). Para lhe explicar o método de cobrança e cálculo do ICMS ST preciso saber em que estado da federação você se encontra e ademais é preciso ainda compreender a mensuração do imposto sobre a sua venda e o perfil de vendas da farmácia, portanto, é difícil dar uma resposta objetiva aqui em poucas palavras. Tentaremos posteriormente gravar um vídeo a respeito deste assunto para dar os esclarecimentos que você merece e gostaria de ter.

  2. Boa tarde Cadri
    Fico maravilhado de ver o quanto eu preciso aprender quando vejo seus videos por isso estarei se Deus quiser no final de agosto ai em Goiânia..

    • Leandro, que bom que nossos vídeos estejam servindo de motivação para aprimorar seus processos de gestão. Será um enorme prazer recebe-lo aqui em Goiânia para nosso evento. Tenho certeza que você não se arrependerá. Este evento será transformador e estamos com várias novidades para os participantes.

  3. VANDERLOI JOSE FORGIARINI

    BOM DIA CADRI QUE BOM SEU COMENTARIO CHEGOU NA HORA. ESTA TUDO MUDADO . NOSSA DESPESA DE 33% BAIXOU PARA 25% E TEMOS QUE CHEGAR AOS 22% ATE OUTUBRO MESMO COM CRECIMENTO DE 11% ESTE ANO NO RAMO FARMACIA TEMOS DE NOS ADEQUAR. MUITO OBRIGADO BOM DIA.

    • Vanderloi, Parabéns pelos resultados obtidos e pelo crescimento. Você está fazendo exatamente o correto. É fundamental estipular um limite máximo para as despesas ou seja, estabelecer o percentual máximo que as mesmas podem representar diante das vendas. Este é o caminho para o sucesso.

  4. Wilson ferreira

    Boa tarde! Gostaria de ter informações, sobre o controle de compras dos distribuidores, para não ficar tão sufocado para pagar despesas, tirar o lucro e ver o saldo mensal.

    • Wilson, precisamos compreender a gestão de um negócio de uma forma mais ampla. Para falar de gestão de compras, gestão do estoque e principalmente como obter resultados positivos, precisamos analisar os demonstrativos de resultados e compreender os parâmetros e variáveis que influenciam o resultado da farmácia ou drogaria. Analisar os indicadores diariamente e ter um excelente gerenciamento financeiro visando garantir os resultados é fundamental. Recomendo nosso curso online: http://cursos.institutobulla.com.br/